Peneiras moleculares

Peneiras moleculares

Postado por: Êxodo Cientifica - 3 semanas

PENEIRAS MOLECULARES

Vários procedimentos realizados em controle de qualidade, envolve a separação de amostras diversas. Uma maneira prática e eficiente para a realização destes procedimentos é fazendo uso das peneirasmoleculares.

Peneiras moleculares são constituídas de materiais minerais chamadas zeólitos (estruturas cristalinas de alumínio-silicatos sintetizadas). Esta constituição garante que a peneira molecular se apresente como  um material que possui inúmeros poros em sua superfície. Os diâmetros destes poros são uniformes entre si. Desta forma, esta matriz possui a capacidade de adsorver os componentes presentes em amostras submetidas ao tratamento com as peneiras moleculares. Devido ao tamanho dos poros, componentes de tamanho menor são retidos nas porosidades e componentes maiores não. Deste modo, a aplicação de tais peneiras moleculares servem como uma maneira de separar componentes pelo seu tamanho.

A Peneira Molecular é extremamente seletiva e pode trabalhar em condições adversas como em ambientes com grande pressão e temperaturas elevadas e baixa umidade relativa o que garante uma versatilidade podendo ser aplicada em diferentes materiais e condições.

Dentre as aplicações em procedimentos que fazem uso de peneiras moleculares, podemos citar:

 

  1. a) Secagem de hidrocarbonetos não saturados (Etileno, Propileno, Butadieno);
  2. b) Secagem de gás natural, principalmente quando a co-adsorção dos Hidrocarbonetos deve ser a menor possível;
  3. c) Secagem de Metanol e Etanol
  4. d) Despoluição de rios contaminados com pesticidas; entre outras

 

De formato esférico, que se assemelham com as argilas ativadas, a Peneira Molecular da marca EXODO CIENTÍFICA é produzida sinteticamente e o tamanho de seus poros é definido, de modo a reter diferentes materiais, sejam gases e líquidos de forma seletiva, de acordo com o tamanho das moléculas.

A Peneira Molecular da marca Exodo possui um poro efetivo de tamanho 3Å (0,3nm) o que garante uma adsorção de moléculas com diâmetro menores do que 3Å excluindo as que forem maiores.

FICA A DICA!

As peneiras molecular da marca Exodo podem ser regeneradas seja  através do seu aquecimento em processo TSA (Thermal Swing Processes) ou através da pressão no processo PSA (Pressure Swing Processes). Lembrando que, a concentração na saída em um sistema de que utiliza processo PSA, dependerá do gás presente, e das condições do processo e do equipamento utilizado.

Para remover a umidade, basta submeter as peneiras moleculares EXODO CIENTÍFICA a uma temperatura entre 200°C e 230°C. Quando devidamente regenerada, as peneiras moleculares EXODO CIENTIFICA atinge um ponto de orvalho de retirada de umidade abaixo de -100ºC.

Consulte nossa equipe para mais informações à respeito de nossas peneiras moleculares!

Caso necessite peneiras com porosidades diferentes de 3Å (0,3nm), consulte nossa disponibilidade.

WhatsApp Comercial
Enviar